sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Daqui e dali... Vitorino Almeida Ventura

Pedro Cordeiro, artista plástico (2)

Finalmente, consegui na Biblioteca de Carrazeda de Ansiães ouvir a beta movement. Para as questões que formulara a mim próprio, avanço numa primeira audição as seguintes respostas:

1. — Que movimento ilusório, na Música de a beta movement? Para uma hipótese descodificadora mais capaz, haveria que ter acesso às líricas. Sobretudo da 2ª canção homónima... a beta movement, para saber como dela se passa para nomear todo o projecto. Mas o facto de haver uma «programação» cuidada pode já integrar uma tentativa de.

2.
— Quais as contribuições de Secundini e Cachet? Parecem-me por muito bem, sobretudo o trabalho do primeiro, nos teclados e programação... Mas o quanto de se deve à excelente composição de Pedro Cordeiro?

3. — Será que Pedro Cordeiro se libertou finalmente da 'má' influência, sobretudo, vocal de Billy Corgan dos Smashing Pumpkins? Penso que sim, resolvendo passar de Apple a Pear... Ou seja, resolvendo passar-se para Thom York, dos Radiohead. Penso que aí residirá o maior problema: no tratamento da voz, para que surja mais singular.

4. — E as soluções de composição: continuam aparentemente simples, como as de Humble Glue? Não, definitivamente. Pedro Cordeiro cresceu (e muito). Ouçam - e vejam, se ainda o não fizeram, que Pedro Cordeiro é mesmo um esteta. São projectos destes que as instituições locais não podem deixar de acompanhar e promo_

ver.

Vitorino Almeida Ventura

Post Scriptum: Aproveito para uma breve nota sobre a vinda dos Blasted Mechanism, à Carrazeda, sem querer contribuir para a polémica instalada, pelo contrário - apenas ajudando a desocultar a névoa, porque continuo a pensar que este país não é para velhos. Que as crianças são bem melhores do que nós. Nos seus ossos filiais, o Tomás, do alto dos seus 6 anos, perguntou-me ontem qual o alinhamento para o concerto: se vão incluir Karkow, Are you ready, Oh landou, I believe, além de Destiny? Play and see... Eu... Apena estou curioso sobre o novo vocalista, Guitshu... - Estará ao nível do humor e dos jogos de linguagem de Karkow? Mas mais vale tarde do que nunca. Há quase dez anos - o Quim Zé Ribeiro falava-me, no Curva, da urgência em os trazerem a Carrazeda...

2 comentários:

vitorino ventura disse...

Errata:

Apenas estou curioso...

Rui Lopes disse...

W, Ab

http://www.myspace.com/abetamovement


Rui Lopes