sexta-feira, 29 de junho de 2007

Desfibrilhadores em falta nos centros de saúde

«Em Portugal, existem apenas cerca de 60 desfibrilhadores referenciados na rede de cuidados primários. De acordo os dados disponibilizados pela Carta de Equipamentos da Saúde (CES), disponível online, isso significa que apenas um cada seis centros de saúde (unidade central com respectivas extensões) dispõe deste equipamento que pode salvar vidas em caso de paragem cardíaca.» DN

2 comentários:

caracol disse...

Já sentimos falta de alguns cronistas...

caracol disse...

...para quem já imaginamos "comentários" a desejar artigos.A que se deve tão longa ausencia, senhor João Lopes Matos?