quinta-feira, 13 de maio de 2010

Potencial turístico do Douro interior avaliado em Carrazeda de Ansiães

As potencialidades turísticas do Douro interior e a construção do IC5 estiveram em destaque numa visita de responsáveis do Turismo do Douro ao município de Carrazeda de Ansiães. A construção do IC5, acesso “imprescindível para o desenvolvimento turístico do Douro interior”, como se lê em comunicado do Turismo do Douro, foi um dos aspectos em destaque numa visita em que participaram António Martinho, presidente da instituição, José Agostinho Correia, vice-presidente, e Ricardo Paninho, vogal. A inaugurar em 2012, esta via é vista pelo Turismo do Douro como um eixo de desenvolvimento fundamental para a região e para o sector turístico. “Com boas ligações ao Douro interior, a região verá valorizados os restantes recursos turísticos, sejam eles o transporte ferroviário e fluvial, a animação turística ou mesmo a componente de biodiversidade e de turismo sustentável, como caminho para o futuro da região”, lê-se no comunicado da instituição. Na visita, o Presidente da Câmara de Carrazeda de Ansiães, José Luis Correia, destacou a importância do Douro ser um rio vivo, capaz de gerar riqueza e de contribuir para o bem-estar das populações locais e dos turistas que visitam o Douro. E para que seja mais fácil atingir o Douro interior, José Luís Correia reforçou também a importância da construção do IC5, que “melhorará significativamente os acessos a uma das regiões mais remotas do Vale do Douro”. Turisver

3 comentários:

João disse...

Confesso que teria muita pena se o IC-5 não viesse a ser construido por razões de falta de verbas.
JLM

Anónimo disse...

Deixar crescer as asas
sem pensar no voo:
O céu pode esperar. mj

Anónimo disse...

Senhor Presidente José Luís Correia:
O IC5 está já aí!
Que as pessoas virão mais facilmente à "ZONA DOURO" tb/ não é novidade!
Novidade BOA, seria se o Senhor dissesse que está a pensar em realizar uma grande via de comunicação moderna e funcional entre o centro do nosso concelho (Carrazeda) e o DOURO, para que as pessoas que vêm pelo IC5, ao deixá-lo por momentos, abordassem o Rio em 5 ou 10 minutos!
Isto é que seria de Presidente com visão!
Já sei, já sei, o dinheiro, claro...
Mas afinal há outras obras financiadas e outras financiáveis!
Vamos lá Presidente...